Como usar as mídias sociais para hospitais? 3 dicas importantes!

As mídias sociais para hospitais se configuram em uma crescente de extrema relevância, atualmente a sua utilização é frequente na vida das pessoas, cerca de 46 milhões de brasileiros as utilizam.

Falar sobre segmentos e empresas é falar sobre relacionamentos, o que implica dizer sobre uma nova configuração dos mesmos: as redes sociais. 

O crescimento do uso das mídias influi diretamente nas empresas em geral. Pois, além de promover comunicação, também traz informação. E por que não utilizá-las para difundir informações e relacionamentos no âmbito hospitalar?

Através dos assuntos abordados nas mídias sociais para hospitais, há uma ampliação do leque de pessoas alcançadas, o que permite atingir possíveis pacientes e clientes, e consequentemente contribui para as práticas de promoção e prevenção de saúde.

Neste artigo, traremos 3 dicas muito importantes para a compreensão de como usar as mídias sociais para hospitais. Continue por aqui!

Dica 1: Fale sobre assuntos relevantes

Produzir conteúdos com foco em pacientes não é uma tarefa fácil; é importante que haja engajamento para os cuidados com a saúde, e para as ações preventivas.

Os pacientes estão presentes nas redes sociais, eles buscam informações e inclusive fazem indicações. Conteúdos sobre saúde podem ser encontrados em todos os lugares, mas temas relevantes chamam atenção e convidam o público interessado à leitura.

Estudos concernentes a este assunto afirmam que 72% dos usuários de Internet buscam informações sobre saúde, e por que não atrair este público para o seu hospital? Publique conteúdos relevantes, que de fato, sejam necessários.

Para isso, você precisa conhecer o interesse do seu público, promover relações e estar pautado em fontes confiáveis.

Dica 2: Conheça seu público e seja consistente

Esteja presente e publique frequentemente (vale ressaltar que as publicações devem ser feitas com muita qualidade e cuidado). 

Para isso, se pergunte: “Qual é o interesse do seu público?” e “Qual é o objetivo do seu post?” Isso te ajuda a não se perder e manter a coerência.

Outra dica para construir conteúdos interessantes: Monitore sua marca. 

O que os usuários estão comentando? Quais as opiniões e indicações? 

Através das mídias sociais para hospitais, é possível responder os comentários negativos, esclarecer dúvidas, corrigir informações falsas e filtrar o que é necessário para fazer mudanças que sejam pertinentes. 

Mostre que o seu hospital se importa com os pacientes e tem por objetivo oferecer um ambiente acolhedor e adequado. Utilize as redes sociais a seu favor, demonstre o quanto é importante os pacientes cuidarem da sua saúde e que o seu hospital é o melhor ambiente para isso!

Dica 3: Compartilhe conteúdos com responsabilidade

O perfil do hospital é um cartão de visita, se alguém precisa fazer um exame ou consulta e está pesquisando através das redes sociais o melhor hospital para ser atendido, ele precisa ter acesso a conteúdos verídicos. Então, publique com responsabilidade!

Verifique se as fontes para os conteúdos que serão postados são verdadeiras, e se há alguma relação com o foco do seu perfil!

Mostre, através de publicações, que os pacientes podem confiar nas informações contidas no seu hospital, o que consequentemente mostrará que lá é um ambiente seguro e responsável para cuidar da sua saúde.

Compartilhe publicações que chamem a atenção do seu paciente para a promoção e prevenção de saúde. 

Vivemos em uma sociedade que busca ajuda somente quando a doença já está instalada e agravada, então fale sobre prevenção, incentive o público a procurar seu hospital para fazer exames de rotina e priorizar os cuidados com a sua saúde. Sempre com muita responsabilidade.

Seu paciente utiliza as redes sociais!

Um ponto muito importante e que deve ser considerado para compreender como usar as mídias sociais para hospitais, é que seu paciente está presente e utiliza frequentemente as redes sociais como meio de comunicação e conhecimento de marcas.

Vivemos em um período no qual insatisfações e satisfações são postadas na internet, e na maioria das vezes as informações negativas são mais visualizadas e comentadas, o que consequentemente faz com que sejam colocadas em questão.

Imagine o seguinte cenário…

Você precisa fazer uma consulta, mas resolve abrir o seu Google e pesquisar os hospitais mais próximos e suas avaliações antes de agendar.

Eis que você encontra dois perfis diferentes:

1 – Um perfil organizado, com informações relevantes sobre os seus problemas, coerentes e responsáveis. Além disso, as avaliações no Google e Redes Sociais são positivas; nos comentários negativos, sempre há uma resposta da instituição para esclarecer o ocorrido e se dispor a resolver.

2 – Os conteúdos postados são “simples”, despertam pouco interesse ou não falam sobre nenhum dos seus problemas e dúvidas. Além disso, há comentários negativos sem esclarecimentos ou posicionamento da organização. 

Qual dos dois você irá escolher? Temos certeza que escolherá o primeiro!

Dito isto, saiba que as mídias sociais para hospitais permite um alcance maior, mas para que isso seja positivo, é importante que você paute seus conteúdos com boas estratégias.

Desta forma, seu hospital atingirá possíveis pacientes, e inclusive será referência de indicações através das mídias sociais, o que ampliará de fato, o seu público! Invista nas redes sociais para alavancar a sua instituição!

Tem alguma dúvida sobre o assunto? Deixe um comentário e vamos te responder!

Gostou? Então compartilhe essa matéria

Share on email
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Siga a gente nas redes sociais

Mais conteúdos em

Você também vai gostar

Como diminuir os erros médicos: 4 estratégias e mudanças

Como usar as mídias sociais para hospitais? 3 dicas importantes!

Gerenciamento da Manutenção de equipamentos hospitalares: como fazer?

4 técnicas para realizar um controle de inventário hospitalar perfeito

Login/Logout